sábado, 24 de junho de 2017

Em tempos de desfiles de egos em redes sociais, como se manter fiel ao parceiro?

Por ai...

Usuária ativa de redes sociais, principalmente aquelas onde há muitas fotos publicadas e interação com pessoas de todo planeta, recebo diariamente mensagens de pessoas de todos os tipos com os mais variados assuntos que vão desde simples elogios até convites dos mais constrangedores, e pior, muitas dessas pessoas são comprometidas, o que consequentemente acaba me deixando "insegura" em relação a fidelidade de quem está comigo.

Muitas pessoas insistem em afirmar que as "pessoas" sempre foram assim, que traição sempre existiu, apenas mudou-se o formato com que se iniciam. Eu discordo totalmente dessas afirmações, já que conheci o outro lado... Antes de todo esse desfile de egos que ocorrem diariamente nessas vitrines chamadas de redes sociais, onde há exaustivas postagens de corpos esculturais semi nus com convites subliminares ao que você achar conveniente, acredito que as pessoas não sentiam tanta necessidade assim de trocar o tempo todo de par, assim como não "enjoavam" tão rápido do seu relacionamento. Namoros e casamentos duravam anos, pessoas se toleravam mais, e não viam o outro como "descartável". 

As redes sociais fazem isso com nossa geração, elas nos dão a falsa impressão de que todos somos sim substituíveis, já que tem tanta gente disponível no mundo não é mesmo?!

Pois é, triste sorte a nossa, porque apesar de cada um de nós termos nossos valores, acabamos mesmo sendo substituídos por alguém mais bonito, ou por aquela "novinha gostosa", ou aquele cara com o carrão do ano, ou aquele senhor mais velho que pode nos proporcionar passeios de barcos regados a muito champagne...

Sabe o que é mais triste de tudo, é que sempre vai ter alguém mais bonito, a "novinha gostosa" também será substituída por uma "novinha" ainda mais nova e "gostosa", o cara do carrão pode perder o dinheiro e os "amigos" a qualquer momento, o senhor mais velho dorme triste e sozinho sabendo que só possuí as "amigas lindas e jovens" porque proporciona o que elas não podem bancar! E o ciclo triste e solitário continua, com pessoas pregando a "Lei do Desapego" e se tornando cada dia mais deprimidas, substituíveis e com aquele sentimento de vazio eterno. 

Participo de um grupo fechado que está chegando a 1 milhão de membros, apenas para mulheres de todos os cantos do mundo. Neste grupo tenho contato com todos os mais variados tipos de pessoas, com culturas diversas, níveis sociais extremamente desiguais, opiniões, educação, enfim, tudo muito diferente da realidade que me cerca e de tudo que eu absorvi durante a minha vida! Uma das questões que mais entra em choque de conflitos nesse grupo, é sobre o tema "fidelidade", muitas mulheres acreditam de verdade que quem deve respeito é quem está em relacionamento, quem é solteiro faz e fica com quem quiser! Eu, discordo totalmente, e procuro nem me envolver mais nessas discussões, já que essa é a verdade de quem quer, e lá na frente cada um vai "colher" aquilo que "plantou", principalmente as "paranóias" de não conseguir confiar em ninguém já que a vida toda contribuiu com traições! Mas, acredito que empatia e respeito não só pelo outro, mas principalmente por si mesma são fundamentais para manter-se equilibrado e saudável para se relacionar futuramente.

Lembrar-se sempre que o mundo dá voltas e que a vida é como um eco que nos devolve (algumas vezes ainda mais forte) tudo aquilo que emanamos. Para que então contribuir com alguém de caráter torto para o sofrimento de uma pessoa que nem faz ideia de que está sendo enganada? 

Para que manter os "contatinhos" ativos se está se relacionando com alguém? Isso não vai levantar sua alto estima, apenas vai confundi-lo e fazê-lo perder o foco na pessoa que está junto, e sabe o que é pior, você pode perder as duas!
Para que ficar desejando aquela pessoa de corpo perfeito da internet, e não valorizando a pessoa que está do seu lado, você nem conhece a primeira e nem sabe se é de fato tudo aquilo que você imagina... E pode acreditar, na maioria das vezes (ou em quase todas as vezes) as pessoas realmente não são absolutamente nada haver com o que mostram na internet!!!!

Pessoas realmente tem aos montes por ai, cada uma diferente da outra, sempre irá existir pessoas mais lindas e interessantes por ai. Mas, será mesmo que vale a pena continuarmos descartando pessoas que decidem entrar em nossas vidas? Será que vale a pena envelhecermos sozinhos alimentando a falsa ilusão de que o mundo dos solteiros é muito mais interessante?

Graças a Deus tenho o privilégio de conviver com casais que namoram, e alguns que são casados a muitos anos, e acredito de verdade que pessoas em relacionamentos saudáveis e de parceria são muito mais felizes que solteiros festeiros por ai!

É público que não faço questão de "casar" como nos "protocolos" impostos, mas ter um parceiro que me ama e me respeita sempre será extremamente melhor do que uma vida sozinha e pitoresca!


Em tempos de desfiles de egos em redes sociais e amores descartáveis, felizes daqueles que continuam blindados das falsas tentações e superando juntos todos os obstáculos que surgem nas nossas jornadas. Pois, apesar de nascermos e morrermos "sozinhos", ninguém nessa vida foi feito para viver sozinho.

Felicidade, luz e muitooooooo amor é o que desejo a todos!

Aninha Santos. Via http://construtoresdapropriahistoria.blogspot.com.br

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Essa é a politica que temos que barrar a qualquer custo!

A imagem pode conter: 2 pessoas, texto

CUNHA DIZ QUE DELAÇÃO DE FUNARO LEVARÁ GEDDEL E MOREIRA À PRISÃO

Previsão foi feita em depoimento à Polícia Federal na semana passada; Lúcio Funaro, que está preso e é acusado de ser operador de propinas de Eduardo Cunha, negocia delação premiada com os investigadores da Lava Jato e promete entregar inclusive Michel Temer; em dois depoimentos à PF, Funaro contou e entregou provas de que teria sido pressionado por Geddel Vieira Lima, um dos principais aliados de Temer, para não delatar; segundo ele, Geddel recebeu R$ 20 milhões em propina para ajudar na liberação de crédito para empresas da holding J&F; ele diz ainda ter pago comissão para Moreira Franco, atual ministro da Secretaria-Geral da Presidência e outro braço direito de Temer, relacionados à recursos do FI-FGTS.

247 – O ex-presidente da Câmara e deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) afirmou à Polícia Federal que uma eventual delação premiada de Lúcio Funaro levaria à prisão dois dos principais aliados de Michel Temer: Geddel Vieira Lima e Moreira Franco.

A revelação foi feita em um depoimento à PF na semana passada, segundo informações da Coluna do Estadão. Funaro é acusado de ser operador de propinas de Cunha e está preso no âmbito da Lava Jato.
Funaro negocia delação premiada com os investigadores da Lava Jato e promete entregar inclusive Michel Temer. Em dois depoimentos à PF, Funaro contou e entregou provas de que foi pressionado por Geddel Vieira Lima, em nome de Temer, para que não firmasse o acordo de delação premiada. Sua mulher recebeu 12 ligações em oito dias de "Carainho", como Geddel era chamado em sua lista de contatos.
Segundo Lúcio Funaro, Geddel recebeu R$ 20 milhões em propina para ajudar na liberação de crédito para empresas da holding J&F. Ele diz ainda ter pago comissão para Moreira Franco, atual ministro da Secretaria-Geral da Presidência e outro braço direito de Temer, relacionados à recursos do FI-FGTS.

Outro grande gênio e ativista cultural que brilha nos arraiais do RN, meu amigo Buchecha

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo

Foto Cleiton André.

TRF tira da pauta o processo sobre as terras quilombolas

Foi retirada de pauta a ação que questiona a constitucionalidade da titulação das terras da comunidade quilombola de Acauã. A decisão foi tomada pelo relator do caso, desembargador Edilson Pereira Nobre Jr., em audiência nesta quarta-feira (21), no Tribunal Regional Federal (TRF) da 5ª região, em Recife. Ele não explicou as razões da retirada. Integrantes do TRF queriam restringir a presença de cerca de 200 integrantes do movimento quilombola, mas a presidência acabou liberando o acesso à audiência, que durou menos de 20 minutos.
A caravana natalense “Somos Todos/as Acauã” (foto), que acompanhou a audiência, comemorou o resultado. “Com isso, o povo quilombola terá mais tempo para fortalecer e ampliar a mobilização que vem sendo feita através de todas as Instituições da sociedade civil, dos movimentos sociais organizados e parlamentares do RN, PE e AL”, disse Ludjanio Rogério, secretário de Combate ao Racismo do PT/RN e assessor técnico do deputado estadual Fernando Mineiro.
Para o secretário, é fundamental a continuidade desse processo de unidade e mobilização para conter a ameaça da retirada de direitos do povo remanescente de quilombos. “É preciso entender que existe um grupo minoritário na sociedade brasileira detentor das riquezas do país e que não está satisfeito com as políticas sociais implementadas pelos governos Lula e Dilma”, enfatizou.
Acompanharam a audiência desta quarta, também, representantes de várias comunidades quilombolas do RN e PE, em especial a de Acauã; da Comissão Pastoral da Terra; do Partido dos Trabalhadores de PE; a secretária de Juventude do PT/Natal, Danielle Nunes; o assessor do deputado Fernando Mineiro (PT) Adler Barros; o professor e escritor Mário Takeya; professora Celina Maria; movimentos Juventudes Negras; e estudantes da UFRN.
AUDIÊNCIA NO SENADO
A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) vai promover uma audiência pública para discutir o reconhecimento e a demarcação de terras quilombolas. Entre os convidados para o debate solicitado pela senadora Fátima Bezerra (PT-RN), que ainda não tem data definida, estão o subprocurador-geral da República, Luciano Mariz Maia; Gilvânia Maria da Silva, da Articulação das Comunidades Negras Rurais Quilombolas; além de representantes da Fundação Cultural Palmares; da organização Terra de Direitos; e da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

A CDH também aprovou voto de solidariedade às comunidades quilombolas ameaçadas pela Ação de Declaração de Inconstitucionalidade número 3.239, em julgamento no Tribunal Federal da 5ª Região. Essa ação, derivada da briga pela posse de terras no Quilombo Acauã, município de Poço Branco (RN), declara inconstitucional o decreto 4.887, que regulamenta o reconhecimento de áreas remanescentes de quilombos.
*Com informações do Senado Notícias
Foto: Dani Nunes

Minha quadrilha Junina São João Campeã da Inter TV Cabugi 2017


Parabéns a todos os componentes, direção e ao grande e talentoso Marcelo Honório, ele arrebenta!

Fátima Bezerra "Oposição derrota reforma trabalhista em comissão do Senado e fortalece mobilização rumo à Greve Geral"

DAdBfmSW0AM0yCJ
A reforma trabalhista foi aprovada no Plenário da Câmara dos Deputados dia 27 de abril, antes do escândalo derivado da delação da JBS, com 296 votos favoráveis e 177 contrários. Da Câmara dos Deputados, o PL 6787/16 seguiu para o Senado Federal, onde passou a tramitar como PLC 38/2017.

Na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado, o PLC da reforma trabalhista foi aprovado dia 06 de junho, com 14 votos favoráveis e 11 contrários. Na Comissão de Assuntos Sociais do Senado, o PLC da reforma trabalhista foi derrotado dia 20 de junho, com 10 votos contrários e 09 favoráveis, sendo aprovado o voto em separado do Senador Paulo Paim (PT/RS), contrário ao projeto, que passou a constituir o parecer da Comissão de Assuntos Sociais.

Antes de chegar ao Plenário do Senado, o PLC ainda precisa ser apreciado pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania. A votação na CCJ está prevista para o dia 28 de junho. Após apreciação da CCJ, o presidente do Senado poderá colocar o PLC da reforma trabalhista em votação no Plenário do Senado a qualquer momento.

O PLC 38/2017, da reforma trabalhista, retira uma série de direitos inscritos na CLT de forma direta e indireta, fazendo a legislação trabalhista retroceder um século. Uma das mudanças propostas é a prevalência do negociado sobre o legislado, de modo que os acordos entre trabalhadores e empregadores prevaleçam sobre a legislação no que diz respeito ao parcelamento de férias, jornada de trabalho, intervalo de trabalho, plano de cargos e salários, remuneração por produtividade e registro de jornada de trabalho.

Ademais, o PLC da reforma trabalhista liberaliza a chamada pejotização. E o que é a pejotização? É quando o trabalhador deixa de ter carteira assinada e passa a trabalhar para determinada empresa como se o próprio trabalhador fosse uma outra empresa, com CNPJ. Ele continua vivendo a relação de empregado-patrão, mas perde todos os direitos previstos na legislação, como direito a férias, décimo terceiro, seguro desemprego, fundo de garantia, dentre outros. Substitui-se o regime de trabalho inscrito na CLT por um regime de servidão de perfil escravocrata.

A derrota do governo ilegítimo na Comissão de Assuntos Sociais do Senado foi resultado, principalmente, das denúncias de corrupção envolvendo Michel Temer e da crescente mobilização popular. A greve geral do dia 28 de abril, o “Ocupa Brasília” do dia 24 de maio e as manifestações em defesa das diretas que reuniram milhares de pessoas no Rio de Janeiro, em São Paulo e na Bahia foram fundamentais para dividir a base de sustentação do governo e garantir a vitória da oposição.

Embora simbólica, essa vitória comprova que a mobilização popular dá resultado. É preciso pressionar os parlamentares em seus estados de origem e ampliar a mobilização da sociedade rumo à Greve Geral do dia 30 de junho. O sucesso da Greve Geral será fundamental para derrotarmos a reforma trabalhista no Senado e a reforma da previdência na Câmara, bem como para resgatarmos a soberania do voto popular via diretas já!

Dica do Blog! Fazer o bem sem olhar a quem! pedir até 9h00



Bom dia queridos leitores/as,

Minha amiga Bruna, que é uma cozinheira de mão cheia está fornecendo almoços deliciosos, baratos, saudáveis e nutricionais. O almoço custa só R$ 5,00!

Se você quiser receber o almoço no seu trabalho, faculdade em sua casa.  Pedidos até 9h00 no WahtsApp 98705-3040, falar com Bruna. Além dos almoços deliciosos, Bruna trabalha com encomenda de Bolos, Salgados, e tem serviços de coffee break.

Faça seu pedido e experimente uma comida caseira de ótima qualidade nutricional para seu dia a dia!



Dica do Blog!

Final de semana com cara de São João


A todos que passarem por aqui otimas festas Juninas, abraço a todos/as.

Via parceiro do Blog  frases de carinho

Agenda de hoje do Deputado Mineiro (PT)

CTB convoca vigília em Brasília para barrar reforma trabalhista

O dia de mobilização na terça (27) começará com uma blitz no Aeroporto do Brasília e seguirá com uma vigília em frente ao Senado Federal.

Com a ameaça de votação em plenário da proposta de Reforma Trabalhista, o PLC 38/2017, que acaba com direitos trabalhistas consagrados pela Constituição Federal e a Consolidação das Leis de Trabalho (CLT), a Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) convoca o povo brasileiro a ocupar Brasília na próxima terça (27), para barrar a votação da proposta em defesa dos direitos trabalhistas.
O dia de mobilização começará com uma blitz no Aeroporto do Brasília, às 6 horas. Em seguida, a CTB chama os brasileiros para uma vigília em frente ao Senado Federal, a partir das 10 h.
“Com a derrota sofrida pelo governo ilegítimo de Michel Temer, na terça (20), na Comissão de Relações Sociais, o governo, sob liderança do senador Romero Jucá, líder do governo, tenta reagrupar sua tropa para votar, no atropelo, a reforma trabalhista”, destacou o presidente da CTB, Adilson Araújo.
“O diálogo com as bancadas e a explicação aos senadores e senadoras que desconhecem o teor do PCL será fundamental para denunciar a perversidade que Temer quer impor à classe trabalhadora.”
E reiterou que “será decisiva a pressão do movimento sindical junto aos senadores. Para tanto, exigirá da nossa parte presença permanente no Congresso Nacional”.
Divulgação


Serviço:
Mobilização total em Brasília contra a Reforma Trabalhista
Data: 27 de junho
Horário: 6 horas – Blitz no Aeroporto de Brasília
10 horas – Ocupe o Senado em defesa dos direitos

É São João! Olha pro céu, meu amor Vê como ele está lindo Olha praquele balão multicor Como no céu vai sumindo

olha pra'quele balão multicor que lá céu vai surgindo

Foi numa noite igual a esta
Que tu me deste o coração
O céu estava assim em festa
Pois era noite de São João


Havia balões no ar
Xote, baião no salão
E no terreiro o teu olhar
Que incendiou meu coração

Olha pro céu, meu amor
Vê como ele está lindo
Olha praquele balão multicor
Como no céu vai sumindo

Olha pro céu, meu amor
Vê como ele está lindo
Olha praquele balão multicor
Como no céu vai sumindo.

Salve Luiz Gonzaga!

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Em cadeia nacional, PSB pedirá renúncia de Temer e eleições diretas

No programa de rádio e TV do PSB, que será exibido na noite desta quinta-feira (22), a legenda vai pedir a renúncia de Michel Temer e defenderá a realização de eleições diretas para Presidência da República.


Foto: Agência Senado
Senadora Lídice da Mata (PSB-BA) rechaça reformas
Senadora Lídice da Mata (PSB-BA) rechaça reformas

Na avaliação do PSB, Temer deve renunciar por ter perdido “as condições éticas de liderar o país”. a sigla também vai reforçar em cadeia nacional a sua posição contrária Às reformas trabalhista e previdenciária apresentadas pelo governo.

No programa, a senadora Lídice da Mata (BA), por exemplo, faz críticas à agenda reformista proposta por Temer, que, segundo ela, retira direitos dos trabalhadores e piora as condições de vida e trabalho da mulher.

“Nós, socialistas, assumimos aqui um compromisso: no que depender da luta do PSB, essas reformas contra o povo não passarão”, diz a parlamentar.

Ainda de acordo com a legenda, a realização de eleições diretas é a única alternativa para “impedir que as interferências do poder econômico continuem valendo mais do que a vontade da população e ditando os rumos do país”.

Apesar da posição majoritária do partido de desembarque do governo, algumas lideranças da cúpula permanecem o governo, como é o caso do ministro de Minas e Energia Fernando Coelho Filho (PSB-PE). 


Do Portal Vermelho, com informações de agências

Nova pesquisa traz Lula em alta. Bolsonaro, Dória e Marina em baixa

A conta de do governo Temer. 14 milhões de desempregados e Temer diz: País vive momento próspero


Beto Barata/PR
Temer acompanhado do ministro das Negócios Estrangeiros da Noruega, Senhor Borge Brende, e do ministro das Relações Exteriores, o tucano Aloysio Nunes
Temer acompanhado do ministro das Negócios Estrangeiros da Noruega, Senhor Borge Brende, e do ministro das Relações Exteriores, o tucano Aloysio Nunes

Com uma agenda completamente esvaziada, Temer teve apenas um compromisso nesta quinta: um encontro com investidores noruegueses no qual também participaram ministros e parlamentares brasileiros que integram a comitiva presidencial.

Ao discursar, para apenas um jornalista local, Temer fingiu que seu governo funciona plenamente e fugiu da questão ambiental, tema cujo governo norueguês tem severas críticas.

No mesmo dia em que a Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulga pesquisa que aponta que o Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) caiu para 51,9 pontos em junho, uma redução de 1,8 ponto na comparação com maio e com um desemprego recorde que atinge 14 milhões de brasileiros, Temer pediu aos noruegueses que façam parte de "momento próspero" brasileiro.

“Queremos que o investidor norueguês faça parte desse momento próspero que estamos vivendo no Brasil. Estou certo e esperançoso de que mais investimentos virão em vários setores, não apenas em energia. No [âmbito] comercial, temos de aumentar as trocas com a Noruega”, disse o ele ao ao discursar no evento organizado pela Associação dos Armadores da Noruega.

Temer ainda afirmou que o Congresso Nacional está para concluir a tramitação da reforma trabalhista, mas não contou que sofreu um revés na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado e que recorre a retaliações para tentar garantir a aprovação na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), onde o projeto é analisado.

Ele ainda afirmou que já iniciou o processo legislativo para alterar as regras da Previdência Social. no entanto, se as dificuldade para aprovar a reforma trabalhista já tiram o sono da base aliada, imagine quado o assunto por Previdência.

"Eu venho para lhes trazer uma mensagem de confiança. O Brasil, digo sem medo de errar, está deixando para trás uma severa crise de sua história. Temos levado adiante reformas que não se via no nosso país há muitos anos. É uma agenda que está trazendo de volta investimentos, que está recuperando o crescimento", declarou, sem contextualizar a dificuldade que está enfrentando, inclusive com aliados políticos, para aprovar as reformas.

Na Rússia, o encontro com o presidente Vladimir Putin foi rápido e formal. Ao depositar uma coroa de flores com o cruzeiro do brasão brasileiro em frente à chama eterna do túmulo, em homenagem ao soldado desconhecido., Temer ouviu: “Fora Temer!”. 


Do Portal Vermelho, com informações de agências.

    POR GOLEADA, STF MANTÉM DELAÇÃO DA JBS E RELATORIA COM FACHIN

    Marcelo Camargo/Agência Brasil
    Plenário do Supremo Tribunal Federal já tem maioria para manter a validade das delações premiadas da JBS, homologadas pelo ministro Edson Fachin; ministros Luís Barroso, Alexandre de Moraes Rosa Weber, Luiz Fux e Dias Toffoli, além de Edson Fachin e Alexandre de Moraes, que votaram nessa quarta-feira, 21, se manifestaram a favor da manutenção de Fachin como relator das delações; Ricardo Lewandowski profere seu voto no momento e adianta ser favorável a que Edson Fachin mantenha a condução das investigações; ainda faltam votar os ministros Gilmar Mendes, Marco Aurélio, Celso de Mello e a presidente, Cármen Lúcia maioria consolidada do Supremo é mais uma péssima notícia para Michel Temer, que pretendia anular a delação e ter novo relator.

    Agência Brasil - Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Barroso, Rosa Weber, Luiz Fux e Dias Toffoli votaram hoje (22) pela validade das delações premiadas da JBS, homologadas pelo ministro Edson Fachin. No mesmo voto, os ministros também se manifestaram a favor da manutenção de Fachin como relator das delações.
    Com o voto dos ministros, o placar pela validade das delações e a manutenção da relatoria com Fachin está em 6 votos a 0. Ministro Ricardo Lewandowski profere o seu voto. Em seguida, devem votar Gilmar Mendes, Marco Aurélio, Celso de Mello e a presidente, Cármen Lúcia.
    Ontem (21), no primeiro dia de julgamento, somente dois ministros proferiram seus votos. Alexandre de Moraes acompanhou o entendimento do relator, Edson Fachin. Para os ministros, na fase de homologação, cabe ao Judiciário verificar somente a legalidade do acordo, sem interferência nos benefícios da delação e nas declarações dos investigados ao Ministério Público.
    O julgamento foi motivado por uma questão de ordem apresentada pelo ministro Edson Fachin, relator dos processos que tiveram origem nas delações da empresa. Os questionamentos sobre a legalidade dos acordos da JBS foram levantados pela defesa do governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, um dos citados nos depoimentos dos executivos da empresa. A defesa contesta a remessa do processo a Fachin, além dos benefícios concedidos ao empresário Joesley Batista, um dos donos da JBS.
    Acompanhe ao vivo o julgamento: 

    Em entrevista para a Rádio Brasil Atual, ex-presidente Lula afirmou: “não conseguem apagar a relação direta que eu tenho com o povo”

    Lula: Apanho, mas isso não é nada diante do que sofre o povo

    Em entrevista para a Rádio Brasil Atual, ex-presidente afirmou: “não conseguem apagar a relação direta que eu tenho com o povo”

    JUSTIÇA NEGA HABEAS CORPUS E MANTÉM PRISÃO DE HENRIQUE ALVES

    Divulgação

    A Primeira Turma do TRF-5 (Tribunal Regional Federal da 5ª Região), no Recife, negou nesta quinta-feira 22 o pedido de habeas corpus feito pela defesa do ex-ministro e ex-deputado federal Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) e manteve sua prisão; Alves está preso desde o dia 6 na Academia de Polícia Militar do Rio Grande do Norte; nesta quarta-feira 21, ele foi denunciado junto com Eduardo Cunha por corrupção e lavagem de dinheiro.

    247 - A Primeira Turma do TRF-5 (Tribunal Regional Federal da 5ª Região), no Recife, negou nesta quinta-feira 22 o pedido de habeas corpus feito pela defesa do ex-ministro e ex-deputado federal Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) e manteve sua prisão.
    Alves está preso desde o dia 6 na Academia de Polícia Militar do Rio Grande do Norte. Nesta quarta-feira 21, ele foi denunciado junto com Eduardo Cunha por corrupção e lavagem de dinheiro. O habeas corpus de Cunha, que está preso em Brasília, também foi negado.
    O placar foi de dois a um pela manutenção das prisões. Os desembargadores federais Élio Siqueira, relator do processo, e Roberto Machado acompanharam a opinião do MPF e negaram a soltura. Já o desembargador federal Alexandre Luna foi favorável à concessão dos pedidos.

    BARROSO INSINUA QUE GILMAR QUER ANULAR DELAÇÃO DA JBS


    O ministro Luís Roberto Barroso se irritou na sessão desta quinta-feira 22 durante o julgamento que discute os limites de atuação do relator na homologação de acordos de delação premiada celebrados com o Ministério Público, como o da JBS; Barroso já havia votado para manter o ministro Edson Fachin como relator e para que não haja revisão ou interferência nas regras atuais; num embate com Gilmar Mendes, que discordava dele, disse: "Todo mundo sabe o que se quer fazer lá na frente. Eu não quero"; Gilmar retrucou, pedindo "respeito ao voto dos colegas"; delações da JBS atingem diretamente Michel Temer e o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG).

    247 – O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, insinuou que o colega Gilmar Mendes queira anular a delação da JBS, que atinge diretamente Michel Temer e o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG).
    "Todo mundo sabe o que se quer fazer lá na frente. Eu não quero", disse Barroso, irritado, durante a sessão desta quinta-feira 22.
    O Supremo dá sequência nesta tarde ao julgamento sobre os limites de atuação do relator na homologação de acordos de delação premiada celebrados com o Ministério Público, como o da JBS.
    Barroso já havia votado para manter o ministro Luis Edson Fachin como relator responsável pela homologação das delações e para que não haja revisão ou interferência nas regras atuais.
    A declaração foi feita num embate com Gilmar, que discordava de seu ponto de vista sobre revisão de benefícios dos colaboradores. "O colaborador não tem culpa, seguiu autoridade pública", opinou Barroso. Gilmar questionou: "Essa questão não vai poder ser analisada pelo relator?".
    "Como prova sim, não para validade da colaboração", respondeu Barroso. "Essa questão vai ter que ser posta", insistiu Gilmar. Após Barroso insinuar que o colega queria anular a delação, Gilmar retrucou, pedindo "respeito ao voto dos colegas".
    Na primeira sessão do julgamento, nesta quarta-feira 21, Gilmar já havia entrado em ação para questionar as delações e, com isso, salvar Temer. Ele questionou ontem se acordos de delação "flagrantemente ilegais" podem ser homologados, seja monocraticamente, seja pelo plenário.
    Hoje, ele voltou a tocar no assunto, quando lembrou que a Folha de S.Paulo apontou que a conversa entre o empresário Joesley Batista e Temer já havia sido combinada.

    Não se prende a esperança

    Facebook Lula
    EMIR SADER - Colunista do 247, é um dos principais sociólogos e cientistas políticos brasileiros.

    Em algum momento o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) disse que não haveria eleições antecipadas porque Lula ganharia. Não porque fosse democrático ou antidemocrático, sino porque a vontade da maioria se imporia e os que assaltaram e se agarraram ao poder teriam seus interesses e os daqueles que eles promovem, contrariados.
    Agora, em seminário do Instituto Millenium, se diz que as eleições de 2018 colocariam em risco a estabilidade do país e, com ela, as (contra)reformas que o neoliberalismo propõe. A voz do povo, expressa democraticamente, coloca em risco não o país, mas o projeto neoliberal. Lula é essa imagem do risco.
    Diante do desespero do esfarelamento do governo do golpe que tirou o PT do poder e diante do crescimento irresistível do Lula nas pesquisas, resta a operação mágica de prender Lula. Tudo estaria resolvido. Ninguém mais protestaria, a economia voltaria a crescer, os investimentos externos viriam, o apoio ao governo se elevaria rapidamente.
    Só resta essa solução mágica, a verdadeira obsessão da direita brasileira: prender Lula. Porque as outras não deram certo. O governo Temer não uniu o país, salvo contra ele. O governo Temer não recuperou o prestígio do governo. O governo Temer não atraiu novos investimentos. O governo Temer não recuperou o crescimento da economia. O governo Temer sequer uniu a direita.
    O fantasma do Lula paira sobre a cabeça das elites brasileiras, que somente fortalecem sua imagem na cabeça dos brasileiros pelo tipo de governo desastroso que realizam. Tentaram gerar um alto nível de rejeição do Lula mediante o acumulo de suspeitas que, mesmo que nenhuma delas provada, geraria uma sensação de culpa, de algum tipo de envolvimento de Lula com casos de corrupção. Mas conforme o povo sente que o problema central do país não é esse, mas suas condições básicas de vida, atacadas duramente pelo governo surgido do golpe, a imagem de Lula volta com todos os seus contornos na cabeça das pessoas, seu apoio nas pesquisas sobre rapidamente e sua rejeição baixa.
    Diante do beco sem saída a que o golpe conduziu o país e a própria direita, não lhes vem à cabeça outra alternativa senão a de tirar Lula de sua frente. Condená-lo em suas instâncias e impedir que o STF anule as condenações, pela quantidade imensa de ilegalidades e de falta de provas, ou simplesmente prendê-lo.
    Prender Lula, realizar o sonho da direita de tirar a liberdade de falar, de circular, de conversar, de dizer suas verdades, de se encontrar com o povo. Eliminar a imagem de Lula para o povo, para o país e para suas próprias cabeças, eliminar esse fantasma que lhes tira o sono.
    Mas Lula não é produto ocasional de uma campanha de marketing, como foi Fernando Collor, como foi João Doria. Lula está inscrito profunda e irreversivelmente na história do país e na vida das pessoas. Lula representa dignidade das pessoas, esperança das pessoas. E isso não se prende.
    Em 1968, Sartre e Simone de Beauvoir foram repartir um jornalzinho maoísta proibido por lei no Quartier Latin, em Paris. A direita gritou em coro para que o governo os prendesse. De Gaulle que sabia que um governante representa a sociedade, a historia do pais, sua cultura, com seu espírito de estadista que encarnava a própria França, respondeu: "Não se prende Voltaire." Ele queria dizer que não se prende a dignidade, a liberdade, a esperança.
    Como agora podemos dizer: "Não se prende a esperança. Não se prende a dignidade." A direita não vai se ver livre de Lula, porque não pode se livrar da própria realidade injusta que ela criou ao longo da nossa história. O Instituto Millenium convoca a que 2002 não seja de novo possível. O que só seria possível sem eleições, sem democracia, sem o voto popular, sem Lula representando a esperança e a dignidade do Brasil. Mas democracia com restrições à participação de Lula não é democracia, é regime de exceção, é tirar do povo o direito de decidir os seus destinos.

    Audiência pública debate Política Estadual de Ciência e Tecnologia



    Com o objetivo de reivindicar mais investimento para a área, o deputado estadual Fernando Mineiro (PT) promove, nesta quinta-feira (22), a audiência pública “Orçamento público e Política Estadual de Ciência e Tecnologia no RN”. O debate acontece a partir das 15h, no auditório da Assembleia Legislativa, e é aberto ao público.
    A audiência foi um dos encaminhamentos da reunião da Comissão de Educação, Ciência e Tecnologia da Casa, da qual Mineiro é presidente, que ocorreu no último dia 7. Na ocasião, o Fórum Estadual das Instituições Públicas de Ensino Superior reclamou mais orçamento para pesquisa e desenvolvimento tecnológico, mais recursos para as pós-graduações e qualificação dos docentes, além da reformulação da legislação estadual atual.
    Para participar do debate, foram convidados representantes da Fundação de Apoio à Pesquisa do RN (Fapern), das Secretarias Estaduais de Desenvolvimento Econômico e Finanças a Planejamento e do Fórum Estadual das Instituições Públicas de Ensino Superior (UFRN, Ufersa, Uern e IFRN).
    Na reunião do dia 7, Mineiro já havia feito um alerta importante. “O que vemos, hoje, é uma grande discrepância entre o orçado e o executado, então precisamos aproveitar melhor os recursos públicos para investir efetivamente em ciência e tecnologia”. Ele informou que entre 2011 e 2016 foram orçados para pesquisa e ciência e tecnologia mais de R$ 253 milhões. Desse total, cerca de 12% foi executado.

    Apaixonar-se pela mesma pessoa várias vezes é possível sim!!!!!

    Resultado de imagem para Apaixonar-se pela mesma pessoa várias vezes é possível sim!!!!!

    Você já se imaginou vivendo 10, 20 ou 50 anos com a mesma pessoa? Sentindo sempre o mesmo prazer em sua companhia, o mesmo conforto em seus braços? Se a perspectiva parece interessante, agradeça ao seu cérebro (e se não lhe agrada, a culpa é dele, também). De certa forma, é curioso que laços afetivos fortes, como os amorosos, sejam tão importantes para nossa espécie. Tecnicamente, viver em sociedade, ou mesmo em pares, não é obrigatório para a sobrevivência de nenhum animal – vide tantos mamíferos, aves e outros bichos que procuram um par somente para o acasalamento e imediatamente depois seguem cada um o seu caminho.

    Se gostamos de formar pares a ponto de investir boa parte de nossa energia, tempo e esforços cognitivos em convencer um belo exemplar do sexo interessante de que nós somos a pessoa mais sensacional e desejável na face da Terra, é porque o sistema cerebral humano, como o de outros animais sociais, é capaz de atribuir um valor positivo incrível à companhia alheia. Isso é função do sistema de recompensa, conjunto de estruturas no centro do cérebro especializadas em detectar quando algo interessante acontece, premiar-nos com uma sensação física inconfundível de prazer e satisfação e ainda associar esse prazer com o que levou a ele – o que pode ser uma ação, uma situação, um objeto ou, alguém.

    Conforme o prazer se repete na companhia dessa pessoa, o valor positivo que atribuímos a ela é reforçado (enquanto torcemos para que o mesmo aconteça no cérebro dela, associando um valor cada vez mais positivo à nossa própria companhia, claro). É o que fazemos no período de namoro, quando conversas interessantes, passeios agradáveis, boa música, boa comida e carinho oferecem prazeres que vão sendo associados à companhia do outro. Se rola sexo, então, melhor ainda: o prazer do orgasmo funciona como uma cola extraordinária para o sistema de recompensa, que atribui (corretamente!) a satisfação incrível àquela pessoa específica (mas é verdade que isso não funciona tão bem em alguns cérebros...).

    Com a repetição, o sistema de recompensa vai aprendendo a ficar ativado não apenas em resposta, mas também em antecipação à presença daquela pessoa. Esse prazer antecipado é a motivação, que nos dá forças para alterar compromissos, abrir espaço na agenda e ficar acordado madrugada adentro. Essa é a paixão, estado de motivação enorme em que se faz tudo em nome de mais tempo na presença do ser amado.
    Quando vira amor? Essa questão é complicada, mas existe ao menos uma definição operacional curiosa: passado o ardor da paixão, descobre-se que se ama alguém quando pensar em uma vida sem ela causa angústia sincera e profunda. O amor é esse laço que faz seu cérebro achar que sua felicidade está vinculada à presença e à felicidade do outro e que fazê-lo feliz dá novo sentido à sua vida. Nesse estado, desejar o casamento é apenas natural.
    Se é para sempre? Depende de vários fatores, alguns deles fora de nosso alcance, como ser traído (e não apenas sexualmente). A boa notícia da neurociência sobre a longevidade dos relacionamentos amorosos é que eles não estão necessariamente fadados ao esgotamento: é, sim, possível se sentir apaixonado décadas a fio pela mesma pessoa. E não é mero acaso de sorte: você pode fazer sua parte. É uma questão de continuar inventando e descobrindo novos prazeres a dois. Tudo para manter o sistema de recompensa do outro interessado em você...

    Suzana Herculano-Houzel é neurocientista, professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
    Fonte: Mente e Cérebro

    Para confirmar o artigo acima, onde nossos sentimentos dependem do cérebro, encontrei mais um artigo que cita sobre a paixão e o cérebro, na revista Hype Science, dei uma resumida para não ficar muito maçante a leitura, mas, espero que gostem...


    Apaixonar-se é um processo cognitivo – tudo depende do seu cérebro!
    Uma pesquisa recente descobriu que se apaixonar não envolve só o coração, mas também o cérebro.

    Quando pesquisadores revisaram estudos sobre cérebro e amor, descobriram que 12 áreas do cérebro parecem trabalhar juntas somente quando você olha para o seu amado.

    Segundo pesquisadores, os resultados obtidos confirmam que o amor tem uma base científica. A equipe descobriu que quando uma pessoa se apaixona, áreas diferentes do cérebro liberam substâncias químicas indutoras de euforia, como dopamina, ocitocina (chamada de hormônio do amor), adrenalina e vasopressina (estudos com animais revelam que essa substância causa comportamento agressivo e territorial).

    Outros estudos sugeriram que os níveis sanguíneos de fator de crescimento neural (FCN), uma proteína que desempenha um papel na sobrevivência e manutenção das células do cérebro, também aumentam. Esses níveis são significativamente maiores em casais que acabaram de se apaixonar. A molécula também desempenha um papel importante na química social entre os seres humanos, como o fenômeno do amor à primeira vista.

    Mas os amores não são todos iguais. Segundo os pesquisadores, diferentes partes do cérebro são ativadas para diferentes tipos de amor. Por exemplo, em um estudo sobre o amor “romântico”, os participantes mostraram atividade cerebral no chamado sistema dopaminérgico subcortical, ativo em pessoas sob o efeito de euforia.

    Esse tipo de amor também parece ativar regiões do cérebro associadas com comportamentos emocionais, tais como excitação sexual. Esta conclusão apóia pesquisas anteriores que mostram que a satisfação sexual de um casal e seus sentimentos de amor estão ligados.

    Outra área do cérebro envolvida com esse tipo de amor é a da imagem do corpo, ou como uma pessoa entende e imagina alguém. Os pesquisadores dizem que uma melhor imagem corporal pode levar a um melhor relacionamento.
    O amor materno já é diferente. A atividade foi maior em uma região profunda no meio do cérebro chamada substância cinzenta periaquedutal (SCP), que contém receptores para o vínculo entre mãe e filho.

    Outro estudo, sobre amor incondicional, pediu que os participantes olhassem fotos de crianças e adultos com deficiência intelectual. Em seguida, pediu que eles olhassem novamente para as mesmas imagens, mas desta vez gerassem sentimentos de amor incondicional. Os resultados mostraram atividade cerebral significativa em alguns dos sistemas de recompensa do cérebro (também ligados ao amor entre mãe e filho), juntamente com a região SCP ligada ao amor materno. Os pesquisadores afirmam que o amor materno e o incondicional devem ser ligados a processos similares no cérebro.

    Como os pesquisadores provaram que regiões de ordem superior de pensamento do cérebro estão implicadas nesse sentimento, o amor pode ser considerado mais que uma emoção básica, pois também envolve a cognição.

    A análise realizada até agora será seguida por um estudo. Assim que for liberado, os pesquisadores tentarão provar que se apaixonar leva apenas cerca de um quinto de segundo. [LiveScience]


    Edição 214 - Novembro 2010
    Paixão, amor, casamento...
    Pesquisas neurocientíficas mostram que é possível sentir-se encantado pela mesma pessoa por décadas

    Por Suzana Herculano-Houzel.

    Leia também:

    Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...